gototopgototop

Traduzir - Translate

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Pensamento do Dia

Um bom arrependimento é a melhor medicina para as enfermidades da alma. (Miguel de Cervantes)

Pesquisar no site

Newsletter

Descriminação

Qual destes grupos acha o mais discriminado socialmente?
 

Opus Gay no Mundo

Todos os artigos publicados pela Opus Gay podem sempre ser integralmente lidos nas seguintes 58 línguas:
(all the articles published by Opus Gay can be read in any of the following 58 languages)
 
Afrikaans
Albanês
Alemão
Árabe
Arménio
Azerbeijano
Basco
Bielorusso
Búlgaro
Catalão
Checo
Chinês Simplificado
Chinês Tradicional
Coreano
Croata
Dinamarquês
Eslovaco
Esloveno
Espanhol
Estónio
Filipino
Finlandês
Francês
Galego
Galês
Georgiano
Grego
Haitiano
Hebraico
Hindu
Holandês
Húngaro
Iídiche
Indonésio
Inglês
Irlandês
Islandês
Italiano
Japonês
Letão
Lituano
Macedónio
Malaio
Maltês
Norueguês
Persa
Polaco
Português
Romeno
Russo
Sérvio
Suaíli
Sueco
Tailandês
Turco
Ucraniano
Urdu
Vietnamita
 
* use o botão
"Traduzir - Translate"
 no topo desta coluna *

Contador de visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje2267
mod_vvisit_counterOntem4423
mod_vvisit_counterEsta semana21382
mod_vvisit_counterÚltima semª.23989
mod_vvisit_counterEste mês93515
mod_vvisit_counterMês passado104012
mod_vvisit_counterTotal531670

We have: 29 guests online
Seu IP: 54.167.144.4
 , 
Hoje: 25 Out 2014

Opus Gay » Sobre Nós

Share

Apresentação

A Associação Opus Gay é uma organização cívica de caráter social criada para promover a solidariedade entre todos os membros da comunidade LGBT (gay, lésbica, bissexual e transgender) portuguesa, ultrapassando fronteiras políticas, geográficas, sociais ou etárias.

 

 

 

Lisboa, 11 de Setembro de 2008

 

Objetivo da Associação

A Opus Gay “tem por objetivos o apoio e defesa dos direitos humanos, a nível individual e coletivo, das minorias sexuais e étnicas e de intervenção social, laboral, política, ecológica e no domínio da Saúde, sobre os problemas que afetam em geral a Sociedade e especificamente os que dizem respeito às minorias referidas.” (Art. 2º, Estatutos).

 

Breve Histórico da Associação

A Associação nasceu no dia 28 de Junho de 1997 em Lisboa, dia do Orgulho Gay. É apartidária e sem convicção religiosa. Nunca teve apoios de gestão corrente de ninguém e ainda hoje paga a renda da sua própria sede.

 

1999 - Realizámos a 1ª Universidade de Verão de Estudos LGBT. O Presidente da Opus Gay, António Serzedelo , é o iniciador do primeiro programa de rádio LGBT em Portugal, o Vidas Alternativas, na Voxx às quartas-feiras, 21-22h, Lisboa 91.6 e Porto 90.0.

 

2001 - Proposta à CML de um Escritório contra a Discriminação, a funcionar em Lisboana nova Loja do Cidadão, integrativo de todas as formas de discriminação, com o apoio de várias ONGs, entre elas a Amnistia Internacional, e aprovado pelo ex-Presidente da CML, João Soares. Não chegou a concretizar-se. Editamos, com o apoio da CML, a 1ª Antologia de Literatura Homoerótica. A Opus Gay e a OIM são as duas únicas organizações portuguesas que coordenam projetos no âmbito do Programa Comunitário de Luta Contra a Discriminação 2000-2006, Fase I. O Projeto da Opus Gay, Media Against Discrimination, visava defender as minorias sexuais e étnicas e contava em Portugal com a parceria do Alto Comissário para a Imigração e Minorias Étnicas. Anabela Rocha, Vice-Presidente da Opus Gay, é a representante portuguesa da rede europeia de lobbies nacionais da ILGA Europe, financiada pela Comissão Europeia. Protocolo com a ATL, Associação de Turismo de Lisboa, para a promoção do turismo LGBT e para a inclusão de conteúdos LGBT na revista Follow Me.

 

2002 - Organização hóspede da 24ª Conferência Anual da ILGA Europe, pela primeira vez a realizar-se em Portugal, em Outubro de 2002, em Lisboa; Conf. financiada pela Comissão Europeia. Guia LGBT de Lisboa, com o apoio da Saga Travel e da ATL. Miguel Freitas, jurista, membro da Opus Gay, é o representante português na Rede Europeia de Peritos Legais LGBT, financiada pela Comissão Europeia. Proposta de alteração ao Artº 13º da Constituição. Proposta de alteração da discriminação na idade de consentimento no Código Penal. Proposta de alteração do Plano Nacional Contra a Exclusão. Proposta aos representantes portugueses à Convenção Sobre o Futuro da UE. Proposta Conjunta de Código Deontológico/Dicionário Contra a Discriminação nos Media. Proposta de fundação e dinamização de um Fórum Nacional Anti-Discriminação, incluindo associações LGBT, de deficientes, contra o racismo,... Criação de um Diretório de Serviços Profissionais para Lgbt (em desenvolvimento).Criação duma Plataforma Ibérica com associações LGBT espanholas.

 

Ação Social

Apoio Psicológico

Grupo de Apoio Psicológico e Terapia em grupo.

O grupo terapêutico de autoajuda promove a construção da identidade sexual e da identidade de género através da partilha de experiências de vida e percursos pessoais, reconhecimento de caraterísticas, semelhanças e diferenças permitindo a cada um o quebrar de sentimentos de isolamento libertando-se da aprovação e da reprovação social e afectiva. O grupo na sua interacção promove sentimentos de pertença e sedimenta a identidade e autoestima proporcionado a autorrealização através da consciência de si e da autoaceitação dos seus conflitos e projectos pessoais.

Todos temos os nosso dias bons e menos bons...Sabemos que a descoberta de sentimentos, o lidar com as nossas sensibilidades nem sempre é fácil ... Principalmente quando descobrimos que somos uma minoria entre muitos iguais...

Não é vergonha pedir ajuda nem é humilhante partilhar experiênciasPor vezes é difícil não saber resolver os nossos problemas, lidar com os nossos sentimentos...

Temos técnicos credenciados disponíveis para dar apoio e acompanhamento gratuito. Qualquer problema de orientação sexual, relacionamento, abordagem da família e amigos.

Conta connosco!

 

Este convite estende-se a familiares e amigos que desejem saber lidar com situações de orientação sexual. Não tenha receio venha conhecer-nos e ver como podemos ajudar. Se estás interessado em participar e partilhar e tua experiênciacontacta-nos.

Contacta-nos com indicação do primeiro nome, data de nascimento, telefone de contacto e e-mail.

Vidas Alternativas

Podendo ser ouvindo online em qualquer parte do mundo. O VA continua a ter a duração de 1 hora, e terá uma abertura maior relativamente aos seus conteúdos, para interessar a um público mais vasto,e particularmente jovem.
Recordamos que o programa foi inaugurado no dia 1º de Janeiro de 2000, na rádio Voxx, onde esteve quatro anos, tendo no ano 2005, estado sediado na Rádio Seixal até Agosto.

 

O programa passa igualmente:

Todas as segundas-feiras, pelas 20 horas, às quartas ao meio diana Rádio Zero - do IST on line, e onde se pode fazer download também.

Rádio Guadiana às 4ªfeiras das 22h às 23h (fica também online no site da Rádio Guadiana).

Rádio Hertz,de Tomar,passa aos Sabados das 18h às 19h, em Fm 98 MHV, e online..

Rádio da Universidade de Coimbra nas noites de 6ªf para Sabàs 3h da manhã.

R.U.M. sempre aos Dom entre as 10 e as 11 h da manha.

Rádio Universitária do Algarve, Terças-feiras, 00:00 h até 01:00h, em 102.7 fm

Rádio Clube de Matosinhos - Domingo para segunda à 1 hora da manhã.

Cotonete da Clix para podcasts.

RádioNetFm, às terças ao meio dia, e às sextas às 18 h.

 

 

Quem é António Serzedelo, o mentor do programa de rádio Vidas Alternativas?

Antonio Serzedelo - Licenciado em história pela Universidade de Lisboa, nascido em 1945, fez os estudos liceais em Lourenço Marques, Moçambique.

Formação em jornalismo com um estágio, no Centre de Formation de Journalistes do "Le Monde-Paris, 1974. É o mais antigo militante ativo, da causa homossexual em Portugal, pois foi um dos subscritores e dos mentores do 1º documento fundador desta causa, o Manifesto "Liberdade para as Minorias Sexuais", lançado em 13 de Maio 1974, e publicado no jornais "Diário de Lisboa", e "Diário de Notícias" de Lisboa. Provocou uma reacção muito dura na época, da parte do General Galvão de Melo, membro da Junta de Salvação Nacional do 25 de Abril, que veio à RTP, então única TV, afirmar que o 25 de Abril não se fizera para os homossexuais e prostitutas reivindicarem.

Foi Presidente do" Comité Português de Direitos Humanos do Povo Palestiniano", durante 10 anos, até 1992.

Foi membro do gabinete do General Franco Charais no Conselho da Revolução, até ao final.

Administrador do semanário "O Ponto" e jornalista do mesmo, assim como estagiário no "D.N", 1975. Membro ativo da cooperativa de cinema "Cinequipa". Foi ativista do Movimento Anti-Apartheid no "Conselho da Paz e Cooperação", até ao fim do apartheid, na República da África do Sul e Rodésia, e activista da Paz. Cofundador da Associação Abril, fundada por ex pintassilguistas. Foi correspondente em Lisboa, da rádio comunitária de Paris, "Rádio Clube Portugues de Paris", até à sua extinção. Foi activista e co-responsável do movimento, "AS Gravuras Não Sabem Nadar", com a arqueóloga Mila Simões de Abreu e Dra. Isabel do Carmo, pela salvação das grutas de Foz Coa. Foi fundador da Associação Opus Gay - associação independente, fundada no dia 28 de Junho 1977, pela defesa dos direitos humanos das minorias sexuais. Deixou a presidência algum tempo. Foi fundador do único programa de rádio gay português, regular, "Vidas Alternativas" na rádio Voxx em 1999, ainda emitido semanalmente por várias rádios universitárias, e locais, de Norte a Sul do país, que hoje continua noutros moldes www.vidasalternativas.eu. Tem múltiplas intervenções em jornais/revistas locais e nacionais, rádios locais/nacionais e televisões, intervindo na luta contra a homofobia, as discriminações, pela Igualdade, pelas Uniões de Facto e seu alargamento, pelo casamento entre pessoas do mesmo sexo, pela adoção, pela IVG, e em movimentos cívicos. É membro da associação "República e Laicidade", cofundador do blogue independente,"Fórum Social Português", "Sociofonia" e igualmente do Fórum Social Português, do qual se distanciou, e fundador, e membro da direção da Associação "Portas Abertas-Servas Portugal", associação de viajantes internacionais que defendem a Paz entre os homens. Esteve num movimento na luta contra a pedofilia em Lisboa. Foi ativista e esteve até ao fim do referendo, pelo movimento a favor da IVG com associações cívicas. Fez parte da lista de António Costa, PS, à vereação de Lisboa, como suplente e independente nas últimas eleições autárquicas. Na Associação Opus Gay, de que voltou a ser  Presidente, criou também uma extensão contra a violência doméstica e homofobia, em Évora com o apoio do QREN/CIG. É diretor do mensário de Setúbal "O Sul", e ainda em Setúbal é cofundador da associação "Homens contra a Violência. Integra  o grupo de 200  personalidades públicas que assinaram uma petição ao Governo, sobre os maus tratos de animais e a favor da esterilização dos cães e gatos, e tem estado envolvido nas negociações ministeriais para levar a cabo esta iniciativa.

Antonio Serzedelo - 962 400 017

 

 

Assembleia Geral  da Opus Gay Associação Obra Gay

No dia 19 de janeiro de 2012 reuniu-se na sede da Opus Gay Associação, situada na Rua da Ilha terceira, Nº 34 , 2º andar com o código postal 1000 -173 São Jorge de Arroios, Lisboa pelas 18:00 H. a Assembleia Geral da mesma Associação, com a ordem de trabalhos, publicada anteriormente.

 

A Ordem de Trabalhos foi a seguinte:

 

1. Aprovação da Ordem de Trabalhos;

2. Informações;

3. Aprovação da Ata da última reunião;

4. Apresentação da(s) lista(s) candidata(s) à Direção;

5. Eleição dos Corpos Diretivos;

6. Outros assuntos.

 

Visualize a Ata da Assembleia Geral, aqui

 

Visualize o Plano de Atividades e Orçamento para 2012, aqui

 

Direção:
- Presidente | António Serzedelo

- Vice-Presidente | Emídio Anastácio

- Tesoureiro | Rui Cardoso

- 1º Vogal | José Pinto Antunes

- 2º Vogal | Anatoly Korenkov

- Secretário | Eduardo Cardoso


Mesa da Assembleia  Geral:
- Presidente | António Dores

- Vice-Presidente | Mário Beja Santos

- Secretária | Isabel Afonso Oliveira

Conselho Fiscal:
- Presidente | José António Machado Teixeira

- 1º Vogal | Raul Mesquita

- 2º Vogal | Filipe Matos

Vidas Alternativas
Questionário Lisboa
Casa em Setubal
Casa em Nisa
Estúdio em Belém
Câmara Municipal de Lisboa
Revista QUIR
Apoio Psicológico
ILGA
Porto Gay
Forum LGBT & Diversidades
IntraLangs - Going Global
Clinicabral
DentalClinic
Blog atuaempresa
Barclays
Câmara Municipal de Évora
Pet Sitting

Traduções

Faixa publicitária